O que você precisa para construir o seu estilo

Como construir seu estilo

Banalizaram a palavra estilo. E isto faz com que fiquemos ansiosos atrás de um. Estilo, hoje, é uma mercadoria.Como tudo, é possível ter, desde que você possa pagar, sem esforço. Mas eu não acredito nisto. Tenho fé que estilo não é ter a roupa mais cara, ou o cinto brega de couro exótico ou o brinquedinho tecnológico do momento. Conheço muita gente que não tem grana e que é muito estilosa, sem cair na cafonice da nova “classe média” brasileira.

Então, quero compartilhar com vocês o que eu precisei construir para ter o meu próprio estilo. Espero que ajude na jornada de todos.

:: Personalidade
A primeira coisa (e mais importante) é ter personalidade. Você precisa saber quem é, do que gosta e onde quer chegar. Se você quer ser advogado, bom temos um caminho por aí, mas se sua vontade é ser professor, temos outra realidade. No entanto, para ambos, saiba que um cara vestido de punk pode ser o melhor advogado ou o melhor professor que já se viu. Você só precisa acreditar nisto e ter personalidade para todos os dias defender as suas ideias (o que é bem melhor do que passar a vida se anulando por causa da “opinião alheia”). As coisas são como são porque ninguém ousou questioná-las, se você questionar (e se respeitar) as pessoas vão respeitar você.

:: Referência
Se você curte James Dean (como eu), provavelmente vai se encantar por um visual mais básico, mas fora de padrão. Se você curte Marlon Brando, vai preferir montar um look com alto apelo sensual. De qualquer forma, o que você precisa é construir referências. E não precisa ser só de ícones do cinema, só estou dando um exemplo. Os seus amigos, os seus ídolos são excelentes inspirações. Um dica muito pessoal. Eu, em um determinado momento da vida, cansei do que estava fazendo. E resolvi fazer uns cursos novos, participar de atividades culturais, enfim, saí da minha zona de conforto. Foi aí que comecei a entrar em contato com novos estilos e pude agregar muita novidade ao meu jeito de ser e de vestir. Se você não sabe muito bem por onde começar, esta pode ser uma dica preciosa.

:: Caro não é sinônimo de elegante
Eu já falei, mas vale repetir: caro e elegante não são sinônimos, especialmente nos dias de hoje. Você pode ser o tipo de consumidor que gasta fortunas para se vestir bem ou aquele cara que consegue garimpar ofertas em lojas alternativas e não vai precisar ser um outdoor ambulante de grifes estrangeiras. Aliás, outra dica pessoal, nada mais cool do que você descobrir uma marca pequena mas que tem peças incríveis e acessíveis. Tem muita gente boa começando a produzir neste Brasil e você pode, se for um bom pesquisador, posar de bem informado e de descobridor de marcas. #ficaadica

:: Misturar tudo não é estilo
Outra coisa bem importante. Ter estilo é uma questão de coerência. Você não consegue misturar xadrez e dourado sem ficar fora do padrão. Então, do que eu vejo por aí, a dica é ser o mais harmônico possível (isto me parece ser uma característica fundamental da moda masculina). Se o seu look é básico não apele para uma mistura desordenada de cores. Agora, se ele for bem colorido e cheio de estampas florais não tema em pesar a mão. O importante é que você esteja dentro de um tema e que a roupa e você tenham sintonia.

:: Evite os logos
Talvez você não concorde comigo, mas vá lá, vou dizer mesmo assim. Não curto logos gigantes estampados na roupa (a Calvin é campeã nisso). Eu não gosto de desfilar por aí com marcas penduradas. Prefiro, então, uma camiseta da Hering que é básica e não fica parecendo que eu quero esfregar na cara de ninguém que eu posso comprar algo que outros não podem.

:: Roupas rasgadas
Outra coisa que já usei, mas hoje não faço mais são as roupas (leia-se calças) rasgadas. É um lande pessoal, mas me passa uma coisa muito desleixada, fora que os rasgos não são confortáveis. Não recomendo para você também.

:: Acessórios
Aqui, chegamos a outro ponto muito importante. Na busca pelo seu estilo abuse dos acessórios. Com esta prática, você vai se dar conta de que são eles que dão um toque especial ao seu look. Então, muitas vezes, o que faz a composição chamar a atenção é o acessório que você está usando. É um truque meio inocente, eu sei, mas saia na rua com uma roupa básica e o óculos certo e pronto, você já comunicou o seu estilo.

Espero, de verdade, que estas dicas sejam úteis. Se você tiver alguma dúvida ou quiser me contar a sua história, entre em conta por qualquer das redes e batemos um papo. Adoro falar sobre estilo e, talvez, você me inspire a contar a sua história aqui.

Abs,

Vander

Anúncios

There are 3 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s