5 razões para uma moda ética

096ecdae3e849a581076d79aa3880335

Estamos sempre em busca de razões e de estímulos para fazer determinada escolha. Nada é gratuito no tempo em que o marketing decide nossas escolhas mais simples. É preciso pensar fora do quadrado da publicidade e nós vamos te dar cinco razões para você consumir apenas a moda ética.

1 – Respeito à sua saúde

O grande problema do fast fashion é a “solução” dada pela indústria à “voracidade consumista das pessoas”. Usa-se esta demanda crescente como desculpa para o desenvolvimento de agrotóxicos e defensivos agrícolas cada vez mais nocivos à saúde na produção do algodão. Ou, se o tecido é sintético, usa-se muita química e muito petróleo para construí-lo. Não se engane, ao comprar uma peça produzida nestes termos, pode ter certeza de que seu corpo irá absorver todos esses componentes cancerígenos. Não adianta lavar a peça, ela continuará liberando eles por muito tempo.

2 – Respeito ao meio ambiente

Da mesma maneira que o sistema de produção do fast fashion afeta a sua saúde, afeta a do meio ambiente também. O pesticida que mata as pragas é o mesmo que contamina o lençol freático, que é de onde sai a água que você consome. Além disso, estudos atuais apontam que cerca de 70% da água consumida é utilizada na agricultura latifundiária, na agricultura que, como sabemos, coloca o lucro acima da saúde das pessoas.

3 – Cuidado com as pessoas

Se pensarmos em termos humanos, há tantas questões desumanas! Poderíamos pensar na saúde dos agricultores que são expostos aos agrotóxicos e fertilizantes e que tem sua saúde corroída em poucos pares de anos, mas também não é certo esquecer da mão de obra escrava que é usada nas facções. Colaborar com isto, mesmo que indiretamente nos desumaniza.

4 – Você é mais do que “tendências”

A lógica do fast fashion é muito cruel porque ela se baseia no ímpeto de compra de quem se sente vazio e precisa preencher esta lacuna. Só que ela não é preenchível justamente porque a moda se baseia em tendências. Aquilo que se pode vestir hoje será o brega de amanhã (literalmente!). Então, muito melhor do que seguir uma tendência, é criar o seu próprio estilo. Você pode olhar para os seus referenciais culturais e pessoais e a partir disto criar um estilo seu e que as peças que forem entrando no seu guarda-roupa agreguem, não sejam apenas produtos descartáveis.

5 – O fator comunitário

A moda sustentável tem um diferencial importante que é estimular a indústria e o comércio local. Geralmente, quando alguém pensa em comprar uma peça sustentável, não entra em um shopping. É preciso recorrer a uma loja ou brechó de rua. É preciso frequentar a cidade e, consequentemente, estar em contato com ela, vivê-la de novo (e isto é quase um ato subversivo muitas vezes). Fora isso, a cadeia produtiva por traz de uma loja sustentável é ampla e beneficia diversas pessoas que estão muito perto de você e isto gera, consequentemente, mais renda e mais igualdade.

Muitas vezes, o marketing convencional nos vende margarina em potes de felicidade e nós acreditamos que ao abrir o pote tudo será lindo, mas isto não é assim. Há muita coisa escondida e que não é dita. Em outros tempos, era possível alegarmos inocência no que não víamos, mas, com as redes sociais, os segredos morreram. E precisamos fazer a nossa parte. É nossa responsabilidade e nossa colaboração para um mundo melhor e mais justo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s