Dicas para os homens que querem usar short curto com estilo

Se há uma peça que sofreu mudanças drásticas nas passarelas que revelaram as coleções para o Verão 2014, está é o short masculino. Tanto nas Semanas de Moda de Londres, Milão e Paris, quanto na São Paulo Fashion Week e na Fashion Rio, ele surgiu muito mais curto e ousado.

Além disso, as peças estão menos justas ao corpo e, em muitas coleções, surgem como verdadeiras peças de alfaiataria. A inspiração de grifes como Armani, Osklen, João Pimenta e Colcci parece ser pegar aquela combinação “camisa mais bermuda mais tênis baixinho”, algo tão característico de senhores aposentados que jogam dominó em praça pública Brasil a fora, e torná-la mais contemporânea e ousada.

Semanas de moda internacionais:

A coleção de Alexandre Herchcovitch foi muito feliz ao fazer essa releitura especialmente porque se deu conta de que a peça tem potencial para dar ainda mais destaque aos acessórios (veja na galeria como a bolsa e o sapato, especialmente, ganham destaque no look desfilado pela grife).

Além disso, o jeans surgiu como uma opção versátil para a peça. Grifes como a Philipp Plein e a Coca-Cola Clothing trouxeram mais uma releitura desse tecido que parece ter infinitas possibilidades de adaptações. Já grifes como Ausländer, Blue Man e Cavalera trouxeram leituras mais tradicionais do chamado “bermudão”, embora também tenham encurtado o cumprimento da peça para cima do joelho.

Semanas de moda nacionais:

UMA OBSERVAÇÃO:

Faço parte, no Facebook, de um grupo muito bacana que discute moda masculina. Ao convidá-los para conferir esse post, alguns dos integrantes confessaram sentir que a peça é aparentemente muito gay e passamos a discutir o assunto.

A conclusão a que chegamos é que há um movimento das grandes marcas que têm investido em modelos mais sarados e másculos para os desfiles das últimas temporadas. Isso tudo para mostrar ao público que não é a peça de roupa que torna o homem mais ou menos másculo. É a sua atitude. Além disso, chegamos à conclusão de que há uma construção social do que é roupa mais ou menos máscula e que esses limites estão ficando menos rígidos graças a quem tem coragem de usar o que está a fim.

Por isso, se você curte a peça, use-a com propriedade. Ela é feita para homens de verdade, como eu ou como você.

Anúncios

There is one comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s