Um Oscar para os homens

Se houvesse um troféu “Tapete Vermelho” no Oscar, talvez somente as mulheres tivessem o direito de disputá-lo. Figuras como Ben Affleck, Tim Burton, Dustin Hoffman e George Clooney são meros coadjuvantes no momento mais importante da festa atualmente, já que os looks repercutem mais que os prêmios.  Ninguém , a não ser a imprensa especializada em moda masculina, dá muita bola aos nossos pobres ícones do estilo masculino.

Mas, também, como concorrer com Jennifer Lawrence e seu deslumbrante Dior? Fica difícil (aliás, por falar em JLaw, que lástima Emmanuelle Riva ter perdido a estatueta. É a minha maior lástima nessa edição do prêmio. Sua interpretação em Amour é inigualável e precisa ser conferida).  Até porque, para quem não acompanha de perto, todos os homens daquela festa estavam uniformizados em seus trajes sociais em tons escuros.  Dessa vez, faltou um Messi para abalar geral em uma festa tão certinha.

Eddie Redmayne e seus “velvet slippers” na cerimônia do Oscar 2013

Eddie Redmayne e seus “velvet slippers” na cerimônia do Oscar 2013

Por falar em certinho, se eu tivesse que conceder o nosso fictício prêmio a um dos atores da noite de ontem, escolheria Eddie Redmayne. Ele foi projetado para a fama em 2011 com sua atuação em Setes Dias Com Marilyn. De lá para cá tem alimentado um estilo meio hesitante entre o clássico e o jovial. Em resumo, é mais um que faz a linha bom moço em Hollywood, mas, claro, tem seus méritos.

Na noite de ontem, ele estava em um impecável de Alexander McQueen, com um relógio super bacana no pulso e um penteado moderno. Estava discreto, como a maioria dos convidados. No entanto, um detalhe fez toda a diferença. Veja o sapato que ele estava usando. Não é um sapato tradicional é um “velvet slippers” de caveiras do McQueen.

Praticamente não se percebeu, porque ninguém dá bola para o que os homens usam no Oscar, mas aqueles “sapatos de veludo” trouxeram um pouco de ousadia a um look que vinha todo certinho e prometia cair na mesmice.

Redmayne foi muito feliz com essa escolha. Tomara que no ano que vem ele traga mais novidades ainda para o tapete vermelho. Esses pequenos movimentos de subversão (olha o McQueen de novo) são o primeiro passo para a construção de um estilo próprio.

Em tempo: muitos atores, ao contrário de Redmayne, têm optado por deixar a barba crescer. Essa é uma opção interessante para quem criar uma imagem mais madura e marcante. Geralmente, ela também dá um ar mais sexy, meio desleixado que pode ser interessante. Fica a dica.

Confira a galeria com os looks masculinos do Oscar 2013:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s