Começo de conversa

Estamos iniciando 2013, o ano que os Maias previram que nem existiria. Ou seja, estamos no lucro. Então, o que faremos com o tempo extra a que temos direito nessa terra esquecida até pelas previsões?

Eu, após um exame de consciência, decidi que vou à luta e serei mais verdadeiro comigo mesmo: ou seja, vou atrás dos meus sonhos e farei minha parte.

Por isso, hoje começo a escrever este blog. Neste espaço quero expressar quem sou da forma mais verdadeira possível e da mais intensa também.

Acredito que para nós, homens do sexo masculino, chegou a hora de pedir alforria de conceitos muito perversos e que acabam nos deixando presos a estereótipos nos quais não cabemos mais. Nós não somos mais fortes do que as mulheres, não somos mais seguros do que elas. E nem não somos menos vaidosos ou menos sonhadores ou menos carentes.

Para onde vamos e para onde levaremos nosso estilo são perguntas cruciais

Para onde vamos e para onde levaremos nosso estilo são perguntas importantes que não possuem uma única resposta

Será muito importante o dia, se ele chegar, em que poderemos parar de fingir e assumir que somos todos humanos, homens e mulheres, no mesmo barco.

E quero fazer minha parte para isso.

Desde pequeno, lembro de que na hora de sair de casa diziam que meninos podiam sair com qualquer roupa, meio que de qualquer jeito. E eu detestava isso, queria sair com a roupa mais legal do Mickey que eu tinha, mas nem sempre era possível, pois os adultos não acreditavam nas minhas frescuras.

O tempo passou e hoje não uso mais roupas do Mickey, nem ninguém diz o que posso ou não vestir. Conquistei minha liberdade e hoje uso e ouso o que quero, o que sou.

Sou vaidoso, definitivamente. Não saio de casa sem arrumar o cabelo, sem escolher cada detalhe da minha roupa. Não bebo, não fumo e só me alimento do que sei que me faz bem. Além disso, vou todos os dias à academia e estou com um corpo digno. Para mim, meu corpo é meu templo e minha vitrine. Então, meu passatempo preferido é cuidar dele.

E aí, sou menos homem do que um cara largadão e que não acredita em nada do que defendo? É óbvio que não. Somos homens, um igualzinho ao outro.

Aqui, eu só quero dizer a quem ler minhas postagens que independente do que te digam, o que vale mesmo é ser do jeito que sonhamos que seríamos.

Anúncios

There are 2 comments

  1. F.AQUINO

    NÃO SEI NEM POR ONDE COMEÇAR A LHE TECER ELOGIOS… CADA DIA QUE PASSA VEJO QUE É UMA DAS PESSOAS MAIS EXTRAORDINÁRIA QUE CONHECI. PARABENS MEU QUERIDO E DISTANTE AMIGO. SORTE!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s