Cintos masculinos: apodere-se desse acessório e use-o a seu favor

Na próxima vez que você for às compras, olhe bem para a seção de cintos. Homens estilosos sempre passam por ali. E, às vezes, saem da loja com alguns acessórios que operaram verdadeiros milagres no look.

Investir em um cinto é super indicado especialmente por dois motivos: ele é uma peça muito versátil e, entre os acessórios, é, geralmente, o mais barato. Por isso, avalie se vale sempre levar duas camisetas para casas ou, uma vez que outra, uma camiseta e dois cintos, por exemplo. Além disso, ele tem uma vida útil bastante longa e irá acompanhá-lo por um bom e satisfatório tempo.

Você curtirá também:

Boinas: agarre a sua
Cortes de cabelo masculinos: a tendência para 2013 é a ousadia
Suspensório masculino: um acessório estiloso e democrático

Regatas estilosas: um guia com muitas possibilidades
Gravata borboleta: um ícone de estilo muito fácil de usar
Sapatos com sola coloridas: a cor que se encaixa no seu pé

É fácil encontrar cintos de todas as cores, de todos os materiais e de todas as espessuras. O difícil, eu sei, é comprar aquele que vai ser utilizável depois.

Primeiramente, tenha em mente que, apesar de ser um acessório pequeno, ele divide o seu corpo em dois. Então, você tem que ter bem claro qual é o seu estilo: formal ou casual. Saber isso é fundamental na hora de comprar e compô-lo com o seu look.

Se você for aquele tipo de cara que precisa usar um traje social, conforme as regras de estilo, seu cinto deve combinar com sapato, a fivela não pode ser grande (geralmente é prata) e ele deve estar encaixado no terceiro furo (sim, há regras desnecessárias até para isso). Nesses casos, os cintos mais utilizados são os de couro ou de materiais que o imitam. Opte pelos que imitam couro, eles são ecologicamente responsáveis e são tão duráveis e bonitos quanto os feitos de animais.

Agora, se você é adepto do street wear, aí a coisa é mais divertida. A regra é… foda-se a regra. Seja criativo e use o cinto para dar um up no seu visual.

Você pode, se for mais discreto, usar a peça para acompanhar a linhagem do seu look, fazendo o uso de tons parecidos. Se você for mais ousado, a dica é usá-lo com um “fator de quebra” da linearidade do look. Para isso, você não precisa apostar apenas na cor, invista em materiais diferentes também.

Como os tecidos evoluíram muito e suas calças não caem mais, o cinto passou a ter apenas função estética, então, deixe-o em evidência e pense bem no cumprimento da camisa, camiseta, blusa… que deve ser um pouco menor para não escondê-lo.

Agora, clica aí em baixo, na galeria e veja algumas dicas interessantes. No final dela há uma maneira bem interessante de nó que é possível fazer com o cinto e que é, ao mesmo tempo, discreta e fora do usual: